News
Notícias

Recomendação do Conselho: Aprendizagem ao longo da vida para a sustentabilidade ambiental

Council Recommendation: Lifelong learning to support the green transition

Autoria: Lifelong Learning Platform

A 16 de junho de 2022, o Conselho da União Europeia adotou uma recomendação sobre  aprendizagem para a sustentabilidade ambiental. Este documento delineia uma série de princípios orientadores e de ações e incentiva os Estados-membros a definirem a aprendizagem para a sustentabilidade ambiental como uma área prioritária nas políticas e programas de educação e formação. O documento baseia-se na premissa de que os aprendentes, de qualquer idade e proveniência, podem ter acesso a educação e formação de elevada qualidade, equitativas e inclusivas sobre sustentabilidade, mudança climática, proteção ambiental e biodiversidade, com a devida preocupação no que respeita a considerações ambientais, sociais e económicas. Também foi coligido um documento de trabalho para ajudar os decisores políticos, os profissionais de educação e todos os indivíduos e organizações que trabalham em sustentabilidade ambiental no setor da educação e formação.

O papel da educação na transição ecológica

A Recomendação abre caminho para o reconhecimento do papel crucial da educação e da formação nos esforços para se alcançar os objetivos do Pacto Ecológico Europeu. Em 2019, de facto, a União Europeia reconheceu que as mudanças climáticas e a perda da biodiversidade são ameaças que exigem ações decisivas. Estas ações incluem o auxílio aos sistemas de educação e formação, que foram legitimamente identificados como os principais portadores da mudança, podendo, portanto, apoiar esses esforços. De acordo com a Recomendação, a sustentabilidade deve ser ensinada e aprendida transversalmente, tanto como parte integrante dos currículos como em ambientes não-formais e informais.

O papel da aprendizagem ao longo da vida é claro, na medida em que lemos que a União Europeia incentiva os Estados-membros a proporcionarem “aprendizagem ao longo da vida de elevada qualidade para a transição ecológica e o desenvolvimento sustentável, incluindo estágios, aprendizagens, voluntariado, atividades extracurriculares, atividades de trabalho com jovens e outras formas de aprendizagem formal, não-formal e informal e ligações entre estas”. 

A educação de adultos também tem um lugar de destaque, em particular porque é mencionada explicitamente na maioria das secções. Os Estados-membros são incentivados a proporcionarem oportunidades de aprendizagem ao longo da vida - formação, ensino profissional, EFP, etc. - destinadas especialmente aos adultos.

Capacitar os profissionais de educação

A Recomendação estabelece um roteiro claro para incorporar a “aprendizagem para a sustentabilidade ambiental” em todas as áreas políticas e disciplinas. Dedica grande parte das suas “solicitações” à capacitação dos profissionais de educação. Em particular, reconhece o papel de todos os profissionais de educação, de todos os setores educativos, e apela a um “ensino e uma aprendizagem transformadores e interdisciplinares, utilizando abordagens de aprendizagem tanto tradicionais como inovadoras”. A “formação inicial e o desenvolvimento profissional contínuo dos profissionais de educação” têm uma área específica, com financiamento disponível através do programa Erasmus+, mas também através do Horizonte Europa e de outros programas da UE.

A Comissão Europeia também foi encarregada de desenvolver recursos para profissionais de educação e decisores políticos, incluindo cursos online com abordagens transversais a toda a escola para a sustentabilidade ambiental. Plataformas como a EPALE foram explicitamente mencionadas como um bom local para partilha de práticas relevantes.

 

Fotografia de abertura de Lina Trochez no Unsplash

Login (2)

Pretende outro idioma?

Este documento também está disponível noutro(s) idioma(s). Selecione um, abaixo.
Switch Language

Quer escrever um artigo?

Não hesite em fazê-lo!

Clique na ligação abaixo e comece a publicar um novo artigo!

Discussões mais recentes

Focos temáticos 2021 da EPALE. Vamos começar!

Convidamo-lo(a) a enriquecer o que definimos para que este seja um ano intenso, contando com os seus contributos e experiência! Vamos começar por participar nesta discussão online. A discussão terá lugar a 9 de março de 2021, terça-feira, entre as 10:00 e as 16:00 CET (9:00 / 15:00 Lisboa). A discussão escrita será precedida por uma transmissão ao vivo com uma introdução aos focos temáticos de 2021 e será apresentada por Gina Ebner e Aleksandra Kozyra, da Associação Europeia para a Educação de Adultos (EAEA), em representação do Conselho Editorial da EPALE.

Mais

Debate da EPALE: o futuro da educação de adultos

A 8 de julho de 2020 (quarta-feira), com início às 10 horas e encerramento às 16 horas (CEST), a EPALE irá promover um debate online sobre o futuro da educação de adultos. Vamos discutir sobre o futuro do setor da educação de adultos, os novos desafios e oportunidades. O debate será moderado pela especialista da EPALE Gina Ebner, secretária-geral da EAEA.

 

Mais

Comunidade EPALE: partilhe os seus exemplos de boas práticas e de projetos bem-sucedidos no âmbito da educação para a cidadania

No âmbito do foco temático na Educação para a Cidadania, queremos ouvi-lo(a) a si – membro da comunidade EPALE – sobre exemplos de boas práticas e de projetos bem-sucedidos no âmbito da Educação para a Cidadania para adultos.

Mais