chevron-down chevron-left chevron-right chevron-up home circle comment double-caret-left double-caret-right like like2 twitter epale-arrow-up text-bubble cloud stop caret-down caret-up caret-left caret-right file-text

EPALE

Plataforma eletrónica para a educação de adultos na Europa

 
 

Inclusão social

Está a decorrer, durante o dia de hoje, o Encontro “Carreiras e trajetórias profissionais: Desafios e novas perspetivas”, promovido pela ANQEP, I.P. (na qualidade de Serviço Nacional de Apoio da EPALE para Portugal),  em colaboração com a Fundação AIP-Futurália.

Tendo em vista a elaboração do "2020 Global Education Report" encontra-se a decorrer, até ao dia 28 de setembro, uma consulta pública, disponível online.
Sob o mote "Leave no one behind" (ninguém pode ficar para trás), esta edição, dedicada às temáticas da educação e da inclusão, pretende enumerar as barreiras enfrentadas pelos grupos mais vulneráveis no acesso à educação e à formação, com especial enfoque nas pessoas portadoras de deficiência.

O III Seminário Luso Brasileiro de Educação de adultos/I Seminário Internacional Brasil e Portugal decorreu, nos dias 9 e 10 de julho, na Universidade de Trás os Montes e Alto Douro (UTAD), organizado pelo Departamento de Educação e Psicologia/Escola de Ciências Humanas e Sociais da Universidade de Trás os Montes e Alto Douro, em parceria com dois grupos de estudos na área da Educação Social e Educação de Jovens e Adultos de Universidades Brasileiras.

Há mais de dez anos que todos os caminhos confluem para o Agrupamento de Escolas Marquesa de Alorna no que diz respeito ao ensino de adultos na zona de Lisboa. A oferta é vasta e abrangente. A par dos cursos EFA, há ainda os de Alfabetização e de Competências Básicas, ministrados nas suas instalações e no Estabelecimento Prisional de Lisboa (EPL), e de Português para Estrangeiros. Aqui, ninguém fica de fora.

Theatre for Education and Literacy Learning of Migrantes in Europe (TellMe) é o título do projecto apoiado pelo Erasmus+ que pretende desenhar, testar e disseminar uma metodologia específica para a aprendizagem de uma língua estrangeira através de técnicas teatrais. O seu público-alvo são os migrantes e os refugiados que revelam uma necessidade urgente nesta matéria já que o domínio da lingua do país de acolhimento surge como um imperativo para a inclusão social dos recém-acolhidos.

“Growing together: Immigrants Empowerment as Local Citizens and as Educators” foi o projeto escolhido pela ANQEP, enquanto serviço nacional de apoio da Plataforma Eletrónica para a Educação de Adultos na Europa – EPALE, para integrar uma exposição digital de projetos de educação de adultos na Europa apoiados pelo programa Erasmus+ que será tornada pública nos dias 12 e 13 de outubro, no decorrer das celebrações dos Dias Erasmus (#ErasmusDays).

Desde 2009, a Aproximar tem investido na criação de um modelo de mentoria para apoiar públicos em desvantagem a melhorar as competências sociais, pessoais e profissionais e criar condições para aumentar a sua empregabilidade. Este investimento culminou com o modelo PENDULUM e MPATH. Até janeiro 2019, a Aproximar irá apostar na mobilização de competências técnico-pedagógicas dos seus colaboradores para:

O Entre Sistemas.EU é uma iniciativa totalmente focada no aumento da qualidade dos Serviços Prisionais Portugueses através da troca de conhecimentos, experiências e práticas com outros Sistemas Prisionais Europeus.

Em cada área serão enviadas equipas para um país previamente identificado. 
Estas equipas terão a missão de recolher e adquirir boas práticas e disseminá-las a nível nacional. A transferência de práticas realizar-se-á através de um plataforma de aprendizagem online (www.aproximarcapacita.pt) e de workshops presenciais. 

Em dezembro, a equipa finlandesa da EPALE realizou uma campanha de redação sobre o tema Voluntariado na Formação de Adultos [(fi) Vapaaehtoistoiminnan ääni]. O texto do blogue de Annika-Tahvanainen-Jaatinen: Explorar histórias de sucesso de voluntariado e formação liberal de adultos em Lelystad, Holanda ganhou a campanha.

Quinta-feira 19 de dezembro de 2019, Italy

Family In Tow(n): scoperte sul campo. Analisi, buone prassi e prospettive. Ricongiungimento familiare e processi di integrazione dei nuclei migrantii

L'evento rappresenta la restituzione dell'esperienza del progetto "Family in Town(n)" realizzato da ASA Onlus durante l'anno, in partenariato con Acli Catania e cofinanziato dalla Fondazione Sicilia. La tavola rotonda consentirà di riflettere, a partire dall'esperienza maturata, sulle prospettive di accoglienza, sui processi di integrazione socio-culturale dei nuclei famigliari migranti e sulla possibilità di fare rete sul territorio. Saranno inoltre comunicati e discussi la metodologia operativa e i risultati ottenuti.
Quarta-feira 1 de janeiro de 2020 to Terça-feira 30 de junho de 2020, Czech Republic

Pečovat a žít - vzdělávací program na podporu pečujících

» Chcete zkvalitnit život svůj, své rodiny i komunity lidí kolem vás?
» Hledáte smysluplnou práci s ohledem na své rodinné možnosti?  
» Zajímají vás společensky prospěšné aktivity?
» Pečujete o blízkého rodinného příslušníka se zdravotním postižením či v seniorním věku?
» Bydlíte v Praze a okolí?

Půlroční program, který zahrnuje 9 prezenčních dní, psychologickou podporu a konzultace na míru je BEZPLATNÝ.

Účastníkům a účastnicím se poskytuje finanční příspěvek na „péči“ v době výuky ve výši 6300 Kč. 

Program:

Sábado 25 de janeiro de 2020, Slovenia

Gradniki gibanja

Seminar je namenjen učenju Gradnikov gibanja - oblik gibanja, ki spodbujajo razvoj osnovnih gibalnih vzorcev, ki so temelj našega delovanja in podlaga vsakemu učenju in delovanju. Gradniki so lahko naša spodbuda v vseh življenjskih obdobjih, največkrat pa so uporabljeni pri spodbudi razvoja v zgodnjem obdobju, tudi pri otrocih s posebnimi potrebami, in ohranjanju ter spodbujanju delovanja v tretjem življenjskem obdobju.

Quarta-feira 27 de novembro de 2019, Italy

Famiglia ricongiungimento familiare rfl unità diritti umani

Si svolgerà a Catania, il 27 novembre 2019 alle ore 17,30 presso la sala della Croce Rossa Italiana - Comitato di Catania (Via Etnea n.353) il seminario “Legami Familiari- Ricongiungimento familiare e pratiche di RFL (Restringe Family Links)”.

Il seminario, inserito in una serie di incontri del progetto “Family in tow(n)” di Asa Onlus (Associazione Solidarietà Adozioni Onlus), in partenariato con Acli Catania e cofinanziato dalla Fondazione Sicilia, è organizzato con la collaborazione della Croce Rossa Italiana - Comitato di Catania.

Terça-feira 19 de novembro de 2019

GARDENStoLEARN

Il corso gratuito online, rivolto ai docenti della scuola dell’infanzia, ai dirigenti scolastici e agli educatori che consente di imparare a realizzare e gestire un orto didattico.

Come possono gli orti diventare dei luoghi di apprendimento, crescita e inclusione per la prima infanzia?  Gli orti didattici si stanno diffondendo in tutta Europa come luoghi dinamici di socialità che creano un contatto diretto con la natura, dove i bambini scoprono l’origine di ciò che mangiamo e sviluppano consapevolezza, senso di responsabilità e rispetto per l’ambiente.

Esta publicação evidencia o quanto os défices de competências funcionam como obstáculo para uma integração sustentável no mercado de trabalho dos desempregados de longa duração (DLD) e demonstra como é possível aos governos trabalharem, por etapas, nesse processo, com resultados positivos, apostando em práticas e políticas inovadoras, considerando o potencial da educação e formação profissional.

O projeto MINCE visa promover a inclusão de pessoas com deficiência intelectual severa enfatizando o processo de aprendizagem da sociedade no desenvolvimento dum Modelo de Educação Comunitária Inclusiva.

O Currículo MINCE para profissionais resulta do trabalho dos Grupos Focais. Estes Grupos Focais foram constituídos por profissionais e outras partes interessadas com o objetivo de identificar as principais áreas que deveriam ser dominadas pelos profissionais que quisessem agir como facilitadores da inclusão comunitária de pessoas com deficiência intelectual severa.

Este currículo foi concebido como parte do projeto Modelo para a Educação Comunitária Inclusiva – MINCE. É fi nanciado pela Comissão Europeia no âmbito do programa Erasmus+. O objetivo principal é aumentar a inclusão social de pessoas com defi ciência intelectual severa. Este grupo inclui as pessoas cujas funções mentais e sensoriais, bem como as da fala e vocalização, estejam seriamente comprometidas, e que tenham defi ciências severas a nível físico, psicológico e/ ou sensorial, ou defi ciências múltiplas de outros tipos, para além da defi ciência intelectual.

Embutido no universo da Educação Não Formal, o Teatro do Oprimido apresenta-se como um meio de assimilação do mundo e um instrumento de desbloqueio para percecionar e desvendar o conhecimento, por via dos sentidos e da estética, constituindo-se num método (teatral) facilitador para a reflexão crítica sobre os problemas sociais.

Este artigo é uma súmula do trabalho feito numa turma dos cursos de Educação e Formação de Adultos.

 

O Tratado de Maastricht veio colocar a temática da cidadania europeia no centro das preocupações e intervenções das principais instâncias europeias.

Todos nós temos consciência das facilidades que encontramos em circular no espaço europeu, nomeadamente, no que se refere aos custos de deslocação, as (des)complicações na passagem de fronteiras, o acesso aos sistemas de saúde e outras.

O envelhecimento populacional combinado com a inovação tecnológica reforça a infoexclusão entre a população idosa, enfatizando a necessidade de promover a inclusão digital como estratégia de envelhecimento ativo. Em contexto informal, desenvolveu-se um programa de inclusão digital, ancorado na fotografia enquanto prática pedagógica, dirigido a idosos residentes em lar de terceira idade. Este trabalho tem como objetivo explorar a perceção do idoso sobre a inovação tecnológica, assim como a dimensão social do lembrar. Através de uma metodologia de investigação-ação, 77 idosos com idades entre os 50 e os 100 anos participaram ao longo de 5 meses em diversas atividades. Os dados foram recolhidos através de fotografias, notas de campo, registos audio e observações. Os resultados ilustram a contribuição desta prática pedagógica na valorização da aprendizagem, da socialização entre o grupo e do sentido de identidade entre os idosos.
Este artigo apresenta algumas das razões que motivam um número cada vez mais significativo de seniores a participar nas designadas universidades seniores. Por outro lado, visa compreender de que modo as vivências e as aprendizagens aí desenvolvidas influenciam a adaptação dos seniores a esta etapa específica das suas vidas. A partir do testemunho de alguns alunos seniores, evidencia-se o interesse pela atualização e pela aquisição de novos saberes como principal motivação. Sem esquecer que estas instituições promovem a sociabilidade, o bem-estar e a realização pessoal de quem as frequenta, bem como uma perceção otimizada de si próprio, do seu papel social e do envelhecimento. Assim, estes espaços contribuem não só para a valorização daqueles que alcançaram a longevidade, mas também para o fim de representações estereotipadas e discriminatórias que concebem os «velhos» enquanto seres inativos.
Nenhum resultado encontrado