chevron-down chevron-left chevron-right chevron-up home circle comment double-caret-left double-caret-right like like2 twitter epale-arrow-up text-bubble cloud stop caret-down caret-up caret-left caret-right file-text

EPALE

Plataforma eletrónica para a educação de adultos na Europa

 
 

Recurso

Cidadania ativa: as migrações. Uma experiência de aprendizagem com formandos dos cursos de Educação e Formação de Adultos da Escola Básica do 2.º e 3.º Ciclos da Torre – Câmara de Lobos.

Idioma: PT

Publicado por José DIAS

Este artigo é uma súmula do trabalho feito numa turma dos cursos de Educação e Formação de Adultos.

 

O Tratado de Maastricht veio colocar a temática da cidadania europeia no centro das preocupações e intervenções das principais instâncias europeias.

Todos nós temos consciência das facilidades que encontramos em circular no espaço europeu, nomeadamente, no que se refere aos custos de deslocação, as (des)complicações na passagem de fronteiras, o acesso aos sistemas de saúde e outras.

Os cursos EFA (Educação e formação de Adultos) da Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos da Torre, fazem suas, as dinâmicas e os processos da cidadania ativa. Enquanto formadores / educadores, cabe-nos uma maior responsabilidade em transmitir, incutir, sensibilizar, alertar e levar os formandos a incorporar estas questões da cidadania, e particularmente da cidadania ativa e da cidadania europeia, bem como, das questões que daqui derivam, nomeadamente da livre circulação pelo espaço europeu e dos direitos e deveres consignados nos principais tratados europeus.

Ao longo do ano letivo de 2012/2013, os formandos do Curso EFA B3B  realizaram um conjunto de atividade relacionadas com a Cidadania ativa e as migrações / mobilidades. 

Autor(es) do recurso: 
José Xavier Dias
ISBN: 
ISSN: 1647-3949, Funchal, Madeira (2014)
Data de publicação:
Quarta-feira, 1 de janeiro de, 2014
Língua do documento
Tipo de recurso: 
Artigos
País:
Share on Facebook Share on Twitter Epale SoundCloud Share on LinkedIn