chevron-down chevron-left chevron-right chevron-up home circle comment double-caret-left double-caret-right like like2 twitter epale-arrow-up text-bubble cloud stop caret-down caret-up caret-left caret-right file-text

EPALE

Plataforma eletrónica para a educação de adultos na Europa

 
 

Recurso

Alcançar jovens e adultos «invisíveis»

Idioma: PT

Publicado por Ana Isa Figueira

Esta é uma nota informativa do Centro Europeu para o Desenvolvimento da Formação Profissional (CEDEFOP) que se centra nas medidas europeias e nacionais destinadas a recuperar e a melhorar as competências dos grupos vulneráveis (pessoas com baixas qualificações e desempregados de longa duração).

Sob o mote "recuperação e percursos de melhoria de competências para grupos vulneráveis", esta publicação aborda algumas "das medidas de sensibilização e integração para dar resposta às necessidades das pessoas que não são abrangidas pelas medidas mais usuais de educação, formação e emprego".

Os fundos europeus são, de acordo com este texto, cada vez mais utilizados para financiar este tipo de políticas, destacando-se as verbas atribuídas ao abrigo da Garantia Jovem.
Outro aspeto que sobressai deste tipo de medidas consiste na estigmatização dos adultos em detrimento dos jovens. «Continua a ser prática comum em toda a Europa "pôr de parte" os adultos inscritos como desempregados de longa duração depois de os mesmos terem sido objeto, sem êxito, de medidas de ativação» refere o documento.

"Para serem eficazes, as políticas de sensibilização e integração precisam de ser integradas em estratégias nacionais e visar grupos claramente identificados". Recorrendo a alguns exemplos europeus, a nota informativa explica a importância do apoio a nível local (designadamente dos municípios) para que os fundos e os recursos técnicos sejam aplicados.

Elementos como a avaliação, a localização das pessoas necessitadas e ainda o aproveitamento da força inerente aos grupos e comunidades são outros fatores apontados por este documento como relevantes na melhoria de competências dos grupos vulneráveis.
Em jeito de conclusão, e não obstante iniciativas e políticas bem-sucedidas um pouco por toda a Europa, o futuro passa, entre outros aspetos, pelo reforço da ligação entre decisores políticos e os profissionais de educação e formação, bem como pela implementação de políticas de integração que protejam tanto jovens como adultos. E, para poder alcançar este desígnio, é necessário conjugar dois fatores: tempo e flexibilidade.

Autor(es) do recurso: 
CEDEFOP
ISBN: 
978-92-896-2574-6
Data de publicação:
Quinta-feira, 19 de abril de, 2018
Língua do documento
Tipo de recurso: 
Estudos e relatórios
País:
Share on Facebook Share on Twitter Epale SoundCloud Share on LinkedIn