chevron-down chevron-left chevron-right chevron-up home circle comment double-caret-left double-caret-right like like2 twitter epale-arrow-up text-bubble cloud stop caret-down caret-up caret-left caret-right file-text

EPALE

Plataforma eletrónica para a educação de adultos na Europa

 
 

Qual é o papel da UE na educação de adultos?

No cronograma seguinte pode ver como o papel da UE na promoção da educação de adultos tem evoluído ao longo dos anos. O cronograma apresenta um histórico, incluindo publicações e iniciativas políticas importantes.

O trabalho da UE no domínio da educação de adultos começa com o Tratado de Roma por meio do qual a Comunidade Europeia promoveu a formação e o aperfeiçoamento profissionais.

1957

A UE dá início ao trabalho em matéria de política de educação de adultos

2000
(2002)

O Conselho da União Europeia publica a sua Resolução sobre a aprendizagem ao longo da vida , que salienta o princípio da educação ‘do berço ao túmulo’ e a sua prestação em diferentes meios.

(2006)

A Comissão publica a comunicação Nunca é tarde para aprender que salienta o contributo essencial da educação de adultos para a empregabilidade, a mobilidade e a inclusão social.

A Comissão publica a comunicação Nunca é tarde para aprender. Esta inclui um Plano de Ação para a Educação de Adultos (2008-2010) que define, pela primeira vez, prioridades comuns a respeitar no setor da educação de adultos.

2007

O Conselho publica uma resolução sobre uma Agenda renovada no domínio da educação de adultos (EAAL), que consolida a política no domínio da educação de adultos. Trata-se do texto de referência da UE em matéria de política de educação de adultos.

2011

Uma mensagem essencial da EAAL é que a educação de adultos em todas as suas modalidades fomenta a empregabilidade dos educandos e contribui para a inclusão social, a cidadania ativa e o desenvolvimento pessoal. Aumentar a participação e permitir a todos os adultos desenvolver e aperfeiçoar as suas aptidões e competências ao longo da vida estão no centro da Agenda.

2015 -> São fixadas as prioridades da EAAL para 2015-2020:

2015

Assegurar a coerência da educação de adultos com outros domínios de ação

Aumentar a oferta e a participação na educação de adultos

Alargar o acesso à educação de adultos, através de aprendizagem no local de trabalho, TIC e oferta de segundas oportunidades

Melhorar a garantia da qualidade, incluindo a formação inicial e contínua dos educadores de adultos.

A Nova agenda de competências para a Europa propõe que os Estados-Membros adotem uma Garantia para as competências para melhorar o nível das competências básicas dos adultos.

2016

A 19 de dezembro, o Conselho adota a recomendação sobre Percursos de melhoria de competências: novas oportunidades para adultos. Esta visa ajudar os 64 milhões de adultos na Europa que não concluíram o último ciclo do ensino secundário a adquirir um nível mínimo de literacia, numeracia e competência digital e a progredir no sentido de obterem uma qualificação de ensino secundário geral ou complementar.

2016

A EAAL faz parte do programa Educação e Formação para 2020 (EF 2020). O grupo de trabalho do EF2020 para a educação de adultos em 2016 – 2018 desenvolve uma aprendizagem interpares sobre políticas que podem encorajar mais adultos a aprender no local de trabalho.

Os Estados-Membros têm de indicar as medidas que irão tomar para implementar os percursos de melhoria de competências.

2018