chevron-down chevron-left chevron-right chevron-up home circle comment double-caret-left double-caret-right like like2 twitter epale-arrow-up text-bubble cloud stop caret-down caret-up caret-left caret-right file-text

EPALE

Plataforma eletrónica para a educação de adultos na Europa

 
 

Sala de imprensa

Investing in skills pays off - the economic and social cost of low-skilled adults in the EU

11/10/2017
Idioma: PT

Da autoria do Centro Europeu para o Desenvolvimento da Formação Profissional (CEDEFOP), este estudo foca-se, sobretudo, nos adultos com baixas qualificações na União Europeia.

Tendo como ponto de partida a análise de tendências, características, fatores dominantes e riscos associados às baixas qualificações, o documento reconhece a (atual) priorização desta temática na agenda política europeia. Exemplo disso mesmo é a sua inclusão na Nova Agenda de Competências para a Europa, através de uma ação específica (a Recomendação do Conselho sobre percursos de melhoria de competências: novas oportunidades para adultos) que visa a aquisição, por parte dos cidadãos, de um "nível mínimo de competências para compreender o talento e potenciá-lo totalmente".

Relativamente às abordagens políticas utilizadas no combate às baixas qualificações, o estudo identifica cinco grupos de países, sendo que Portugal (tal como Bélgica, França, Luxemburgo, Áustria e Holanda) integra o grupo de países europeus com uma abordagem de "remediação".

Entre as principais conclusões deste estudo, destaque ainda para o reconhecimento da vulnerabilidade e da heterogeneidade dos adultos pouco qualificados e, por isso mesmo, considera-se necessário adotar políticas mais eficazes e que correspondam às reais necessidades.

Share on Facebook Share on Twitter Epale SoundCloud Share on LinkedIn