chevron-down chevron-left chevron-right chevron-up home circle comment double-caret-left double-caret-right like like2 twitter epale-arrow-up text-bubble cloud stop caret-down caret-up caret-left caret-right file-text

EPALE

Plataforma eletrónica para a educação de adultos na Europa

 
 

Sala de imprensa

Conferência Final IBCVET - International Benchmarking on Continuing Vocational Education and Training – 4 European Regions

25/01/2018
Idioma: PT

A conferência final do projeto IBCVET - International Benchmarking on Continuing Vocational Education and Training - 4 European Regions teve lugar em Lisboa no passado dia 16 de janeiro com mais de 50 participantes.

IBCVET – 4 European Regions é um projeto Erasmus+ co-financiado pela Comissão Europeia que pretende melhorar as políticas públicas relacionadas com o ensino e formação profissional. Este objetivo foi concretizado através da comparação dos setores da construção e reparação naval em Portugal, Galiza (Espanha), Bretanha (França) e Malta.

O projeto é coordenado pela ANQEP – Agência Nacional para a Qualificação e Ensino Profissional IP num consórcio com um total de 8 parceiros de 5 Estados Membros distintos, incluindo a Associação das Indústrias Navais e a Magellan do lado português.

A conferência contou com a presença da Agência Nacional E+EF que apresentou as diversas ações passíveis de apoio no Erasmus+ e as suas diferenças, o desempenho português no programa e o enquadramento do ensino e formação profissional contínua no âmbito do programa.

O projeto foi apresentado incluindo a demonstração prática de como utilizar a plataforma em rede desenvolvida pelos parceiros para estabelecer a ligação entre entidades de formação e aqueles que procuram formação no setor da construção e reparação naval (http://ibcvet.paragonweb.eu). Foram especialmente enfatizadas as recomendações de política pública resultantes do projeto que incluem a melhoria da imagem do setor marítimo e carreiras associadas, a harmonização de programas de formação na Europa, a promoção de formações em contexto de trabalho e novas formas de fornecer e financiar as formações, entre outras.

Ao longo da tarde foi debatida conjuntamente pelas empresas do setor, associações e institutos públicos a melhor forma de implementar estas recomendações e as preocupações do setor. A força de trabalho no setor encontra-se envelhecida e tem um alto nível de especialização técnica, que associado ao caráter por vezes sazonal do trabalho e que funciona normalmente por turnos dificulta a prestação da formação contínua, o estabelecimento de carreiras e a atratividade do mesmo perante as novas gerações de trabalhadores.

Foi reconhecida a necessidade de maior flexibilidade e ajustamento das políticas de apoio à formação por forma a fazer face às características específicas do setor e assumida a necessidade de trabalhar a imagem e comunicação do mesmo. Definir as carreiras associadas não só a este setor como à economia do mar foi apresentado como prioritário.

Foi estabelecido o compromisso de todos os participantes em disseminar os resultados do projeto e de desenvolver a cooperação entre as entidades públicas e privadas nesta matéria.

Mais informações: www.ibcvet.eu

Share on Facebook Share on Twitter Epale SoundCloud Share on LinkedIn