Passar para o conteúdo principal
Blog
Blog

Mariadaniela Sfarra: a autonarrativa enquanto veículo de expressão do desejo de redenção

Rumrì: o desejo de liberdade, o amor, a vida nos subúrbios, a dor vivida e como superá-la.

Mariadaniela Sfarra

Breve Biografia

Sou professora de Letras no Curso de Nível II para adultos do ITS Aterno-Manthonè, em Pescara. Coordeno projetos de formação e oficinas de idiomas para alunos nativos e não nativos. Também sou embaixadora da EPALE para minha região, Abruzzo. Tenho dirigido diversos workshops e cursos de formação de professores do ensino secundário, sou Tutora Coordenadora no TFA (Estágio de Formação Ativa) e Consultora de Melhoria Escolar. Fui professora na Faculdade de Ciências da Educação da Universidade de L'Aquila, sendo a minha especialidade o abandono escolar.

A minha EPALE

A EPALE permite-me partilhar ideias com profissionais europeus de educação de adultos. É um espaço onde posso publicar os resultados do meu trabalho com os alunos e onde posso obter ideias para criar novos projetos. Mas a EPALE é mais do que tudo isso. É uma "rede" entre embaixadores nacionais e europeus para superação do individualismo e da fragmentação da nossa sociedade.

A minha História

Devido à pandemia da Covid-19, os alunos do atual ano letivo 2021-2021 da minha escola, ITS Aterno-Manthonè, em Pescara, tiveram que fazer uma mudança significativa: em vez de frequentarem a maioria das aulas presencialmente, tiveram de se adaptar ao ensino a distância (Didattica a distanza, DaD). Para mitigar qualquer efeito adverso nas competências linguísticas dos alunos adultos que acabavam de regressar ao sistema educativo e para evitar o risco de fragmentação na sua vida social, coordenei dois projetos linguísticos baseados na escrita criativa, um para alunos do terceiro grau e outro para os do quarto. Após um estudo aprofundado sobre o Decameron de Boccaccio, os alunos do terceiro grau foram convidados a escrever os seus próprios contos.

Como os narradores do Decameron, que se mudaram da sua cidade infestada pela peste, eles tiveram de imaginar um espaço ideal para escaparem da realidade e se encontrarem como um grupo.

The Thousand and One Evenings

Este trabalho foi muito apoiado por ferramentas digitais como vídeo-aulas e grupos de trabalho online. Conseguimos reunir todos os contos e decidimos publicá-los sob o título As Mil e Uma Tardes, como e-Book multimedia, sendo os temas foram escolhidos pelos próprios autores. O nome da obra foi inspirado no título da obra As Mil e Uma Noites, mas mudou para a tarde devido ao curso frequentado pelos alunos. A coleção foi publicada em formato escrito e áudio, e para destacar a sua eficácia expressiva, foi acompanhada por imagens fortes. A obra cruzou diferentes vozes e estilos. Os autores foram incentivados a expressarem a sua própria personalidade e a partilhá-la com potenciais leitores através da publicação online. O livro foi um sucesso: as histórias foram lidas e partilhadas nas redes sociais. Os alunos ficaram entusiasmados porque sentiram que tinham superado um desafio, tanto pessoalmente quanto em grupo. O e-Book foi selecionado pelo Ministério da Educação como um dos projetos da iniciativa “Escolas, histórias educativas e comunitárias”.

Rumrì

Outro projeto educativo, que coordenei durante a fase de ensino a distância, contou com uma aluna do quarto ano, que escreveu Rumrì, um trabalho de auto narrativa e escrita criativa. Utilizando o método autobiográfico, a aluna deu voz às suas próprias experiências por meio de sua história original de sentimentos e esperanças. O trabalho está publicado aqui: https://www.epubeditor.it/ebook/?static=222899.

O título Rumrì significa mulher em romeno. Este trabalho foca a feminilidade e o mundo da autora. A aluna tinha liberdade para escolher o conteúdo e as características estilísticas para poder expressar melhor o seu eu interior.

A auto narrativa foi, portanto, um veículo para expressar o desejo de redenção e a procura de significado. O monólogo interno é a técnica narrativa usada para a expressão da personalidade de alguém; uma técnica que alterna com formas de diálogo, imaginadas ou contadas, com personagens externas que enriquecem a mensagem.

Os contos da coleção abordam diferentes temas: o desejo de liberdade, o amor, a vida nos subúrbios, a dor vivida e como superá-la.

A publicação foi recebida de forma positiva pelos leitores. Na verdade, em poucos dias, tivemos mais de 1000 visitantes na plataforma. Muitos desses leitores também solicitaram “Rumrì” em papel, explicando que aguardam por textos futuros. Os projetos realizados foram divulgados a todos os inscritos no Curso, através da página do Instituto no Facebook, estimulando o espírito de iniciativa dos autores estreantes e de terceiros. Pude traçar um caminho para incentivar também a participação futura e melhorar as competências de linguagem com o apoio de ferramentas digitais.

 


 

Share your Story!

 

Inspirou-se nesta história? Informe-nos utilizando os comentários abaixo e tenha a oportunidade de ganhar um presente exclusivo da EPALE!

5 utilizadores por mês (de maio a novembro de 2021) de entre os que fizerem comentários numa história da comunidade de 2021 serão escolhidos aleatoriamente e receberão um presente. Os comentários deverão ser relevantes e relacionados com o tópico para serem considerados elegíveis.

Login (6)

Pretende outro idioma?

Este documento também está disponível noutro(s) idioma(s). Selecione um, abaixo.

Want to write a blog post ?

Don't hesitate to do so! Click the link below and start posting a new article!

Discussões mais recentes

Focos temáticos 2021 da EPALE. Vamos começar!

Convidamo-lo(a) a enriquecer o que definimos para que este seja um ano intenso, contando com os seus contributos e experiência! Vamos começar por participar nesta discussão online. A discussão terá lugar a 9 de março de 2021, terça-feira, entre as 10:00 e as 16:00 CET (9:00 / 15:00 Lisboa). A discussão escrita será precedida por uma transmissão ao vivo com uma introdução aos focos temáticos de 2021 e será apresentada por Gina Ebner e Aleksandra Kozyra, da Associação Europeia para a Educação de Adultos (EAEA), em representação do Conselho Editorial da EPALE.

Mais

Debate da EPALE: o futuro da educação de adultos

A 8 de julho de 2020 (quarta-feira), com início às 10 horas e encerramento às 16 horas (CEST), a EPALE irá promover um debate online sobre o futuro da educação de adultos. Vamos discutir sobre o futuro do setor da educação de adultos, os novos desafios e oportunidades. O debate será moderado pela especialista da EPALE Gina Ebner, secretária-geral da EAEA.

 

Mais

Comunidade EPALE: partilhe os seus exemplos de boas práticas e de projetos bem-sucedidos no âmbito da educação para a cidadania

No âmbito do foco temático na Educação para a Cidadania, queremos ouvi-lo(a) a si – membro da comunidade EPALE – sobre exemplos de boas práticas e de projetos bem-sucedidos no âmbito da Educação para a Cidadania para adultos.

Mais