Overslaan en naar de inhoud gaan
News
Nieuws

A formação e educação a distância em tempo de Pandemia

A qualificação é a chave para um maior crescimento económico, e o investimento na formação e educação a distância é fundamental em tempos de pandemia Covid-19, pois contribui para um melhor envolvimento das pessoas. A Câmara municipal de Lisboa (CML), através do seu departamento de desenvolvimento e formação (DDF), continua a procurar encontrar soluções inovadoras no plano dos objetivos, nos modos de organização e nos meios utilizados, para superar as dificuldades e conseguir melhorar e aumentar rápida e sustentadamente os níveis de qualificação e as competências dos seus trabalhadores e dos cidadãos. 

Como resposta à pandemia, e sobretudo com a ativação do estado de emergência nacional, o DDF encetou todos os esforços no sentido de se preparar para garantir a continuidade da atividade formativa, promovendo a ALV-Aprendizagem ao longo da Vida.  

Identificaram-se tarefas e projetos de educação e formação, para se realizar em teletrabalho, forneceram-se os equipamentos de informática, instalação de software e acesso a internet, necessários, garantindo a execução do trabalho de forma remota e segura. Ferramentas digitais como o Teams, a plataforma Moodle, Skype, WhatsApp, e outras disponíveis no Google Docs, possibilitam a oferta contínua de aprendizagem e educação indispensáveis para a qualificação dos participantes. 

No âmbito da colaboração em projetos internacionais Erasmus+, caso do PortVET Hub ou do Motivateyourfuture.eu, concretizam-se reuniões transnacionais a distância, bem como o desenvolvimento de conteúdos pedagógicos necessários à boa prossecução dos projetos.

Capacitaram-se formadores e técnicos para os desafios da formação a distância, para melhor servir os objetivos traçados no âmbito da educação e formação profissional. Um amplo leque de oportunidades de formação para cidadãos/cidadãs, migrantes, refugiados e/ou minorias étnicas, está acessível, quer através do Facebook, quer através de diversas ferramentas.

A equipa produz e disponibiliza Workshops on-line e Webinars, dando continuidade ao seu Programa para a Inclusão e Literacia Digital. Pequenos vídeos são elaborados sob temas como: Comunicação, uso de TIC para contactar com os serviços de Saúde devido ao COVID19, Comunicar com familiares e amigos em segurança, a Cibersegurança ou identificação de notícias falsas, podem ser seguidos no Facebook do Centro Qualifica + Valor LX, onde os participantes interagem e questionam facilitadores e formadores, colocando as suas dúvidas em tempo real. 

O reconhecimento de competências continua online, com as ferramentas disponíveis, que viabilizam que os participantes, empregados e desempregados, bem como formadores continuem o seu percurso de aprendizagem e qualificação, contribuindo para mitigar o distanciamento social e o confinamento a que todos estamos sujeitos.

Através da aquisição de competências digitais, também é possível inovar nos serviços prestados, melhorando a eficiência operacional e o seu desempenho. A oportunidade de aprender tende a deixar de estar confinada somente à sala de formação e do ponto de vista pedagógico, a preocupação do ensinar é substituída pela de criar as melhores condições de aprendizagem, capacitando os utilizadores, transitando dos conteúdos para os contextos de aprendizagem, do papel para o online, e do quadro para o multimédia, o paradigma educacional em permanente inovação e transformação. 

Login (1)

Wil je een artikel schrijven?

Aarzel niet!

Klik op de link hieronder en plaats jouw artikel!

Laatste discussies

EPALE Discussie: Wat kunnen we doen om de volwasseneneducatie beter te maken voor mensen met een beperking?

In juni richt EPALE de schijnwerpers op hoe mensen met een beperking kunnen bijleren. We horen graag van jou hoe we volwasseneneducatie voor mensen met een beperking kunnen verbeteren. De schriftelijke discussie (in het Engels) zal plaatsvinden op 8 juni om 14 uur (CEST).
Meer

Vindt u het ook jammer dat de volwasseneneducatie nauwelijks bijdraagt aan het nieuwe decreet voor duaal leren?