chevron-down chevron-left chevron-right chevron-up home circle comment double-caret-left double-caret-right like like2 twitter epale-arrow-up text-bubble cloud stop caret-down caret-up caret-left caret-right file-text

EPALE

Eiropas Pieaugušo izglītības e-platforma

 
 

Resurss

Empregabilidade e a iniciativa novas oportunidades: um estudo de caso

Valoda: PT

Publicēja ANQEP EPALE

As políticas de educação de adultos em Portugal sofreram, ao longo do tempo, avanços e retrocessos. Apesar dos esforços feitos nunca nenhum programa público neste âmbito alcançou uma tão grande notoriedade – a nível nacional e internacional – ou sequer conseguiu uma adesão semelhante à da Iniciativa Novas Oportunidades. A Iniciativa conseguiu colocar os portugueses a pensar sobre este assunto, sendo isto espelhado nas muitas críticas e polémica em que sempre esteve envolta. Primeiramente, as críticas recaíam sobre a sua ‘inovadora’ metodologia e sobre os seus objetivos ambiciosos. Posteriormente, a polémica girou em torno da sua eficiência e eficácia no alcance desses mesmos objetivos, nomeadamente no que respeita ao da promoção da empregabilidade. Estas dúvidas aliadas aos cortes no financiamento no quadro da atual recessão foram cruciais para despoletar o atual ímpeto de reestruturação da Iniciativa, ainda que este tenha sido iniciado num quadro de uma quase ausência de informação empírica sobre o impacto da Iniciativa a este nível. É precisamente neste contexto de dúvidas, polémica e falta de informação de suporte à tomada de decisão, que surge o interesse em desenvolver o tema desta dissertação. Assim, este estudo que considera a promoção da empregabilidade e a Iniciativa Novas Oportunidades pretende dar a conhecer – através do estudo de caso – as perceções dos adultos já certificados no nível escolar secundário, por esta Iniciativa, sobre o seu impacto na sua empregabilidade, bem como a avaliação dos benefícios esperados e percecionados. As três grandes questões de investigação que serviram de linha orientadora deste trabalho foram as seguintes: P1: O objetivo da promoção da empregabilidade da Iniciativa Novas Oportunidades, no âmbito da oferta Processo de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências, terá sido alcançado se avaliado sob a ótica dos adultos já certificados? P2: No âmbito da empregabilidade quais terão sido as dimensões que representaram maiores ganhos para os adultos segundo a sua ótica? P3: Terão sido questões relacionadas com a empregabilidade que mais motivaram os adultos a inscreverem-se na Iniciativa Novas Oportunidades? A dissertação encontra-se dividida em duas partes distintas. Na primeira parte, que é constituída por três capítulos é feita uma abordagem aos antecedentes da Iniciativa, à sua caracterização e à sua envolvência até à atualidade (abril 2012). Nesta parte, é ainda apresentada uma breve abordagem à abrangência de empregabilidade e à importância que lhe é dada, aqui considerada pertinente devido ao foco deste trabalho e são apresentadas algumas das críticas que surgiram sobre a Iniciativa. Na segunda parte, que é também composta por três capítulos é então dado a conhecer o estudo de caso, a metodologia e os seus resultados. No final são apresentadas algumas conclusões reflexivas que conduzem a propostas para uma possível reestruturação e é lançada uma agenda de pesquisa futura.

Resursa autors(-i): 
Neves, A.
Publicēšanas datums:
Svētdiena, 1 Janvāris, 2012
Dokumenta valoda
Resursa veids: 
Izpēte un ziņojumi
Valsts:
Share on Facebook Share on Twitter Epale SoundCloud Share on LinkedIn