chevron-down chevron-left chevron-right chevron-up home circle comment double-caret-left double-caret-right like like2 twitter epale-arrow-up text-bubble cloud stop caret-down caret-up caret-left caret-right file-text

EPALE

EPALE A felnőttkori tanulás elektronikus európai platformja

 
 

Hírek

Foco nas potencialidades e não nos défices!

17/12/2018
Nyelv: PT

Todos os anos o projeto educativo Letras Prá Vida realiza um encontro que reúne no mesmo espaço organizadores, parceiros, animadores, peritos e adultos participantes em ações de alfabetização e literacia. Trata-se de um evento de reflexão e de celebração. Nele festeja-se a alegria de aprender e o poder das aprendizagens na construção de vidas melhores e na promoção de uma cidadania individual e coletiva mais ativa. 

O objetivo do encontro consiste antes de mais na realização de um balanço do trabalho desenvolvido, na definição das melhorias que devem ser introduzidas nas metodologias, nas técnicas e nos instrumentos a utilizar com os diversos grupos, nas fases seguintes e ainda na promoção de um amplo debate sobre a educação de adultos contribuindo para uma visão solidária e inclusiva desta vertente fundamental do desenvolvimento social. 

Encontro de atores

Uma “Educação de adultos para Todos” é um dos lemas centrais desta iniciativa que acolhe para além da Comunidade do Letras Prá Vida outros atores que dinamizam “boas práticas” noutros territórios e as divulgam partilhando as suas experiências e o seus saberes.

Outros objetivos do encontro prendem-se com as dinâmicas internas do projeto com destaque para a coesão das equipas e das parcerias que valorizam estes eventos no campo da solidez programática, mas também no campo dos afetos e da motivação coletiva. Neste plano a Comunidade de Prática do Letras Prá Vida vai enriquecendo o seu património e vai estabelecendo novos desafios para o trabalho colaborativo de todos os seus membros.

Projetos de afetos

No ano presente o II Encontro de Educação de Adultos Prá Vida, realizou-se no dia 7, em Condeixa, Portugal, foi organizado pela ESEC/IPC, pela Associação Portuguesa para a Cultura e Educação Permanente, pelo Município de Condeixa e pelo Museu POROS, tendo contado com o apoio da ANQEP. A alegria e a boa disposição reinaram entre os oradores e os participantes na partilha de saberes e experiências sobre educação ao longo de toda a vida. 

Maria Fernanda Rollo, da Universidade Nova de Lisboa, salientou a importância dos atores locais na promoção da educação ao longo da vida, onde os “projetos de afetos” são feitos de pessoas, com pessoas e para as pessoas. 

Potencialidades em vez de défices

A importância da literacia integrada na educação básica de adultos foi também sublinhada por Luís Rothes, do Politécnico do Porto, afirmando que esta vive num quadro de projetos socioeducativos territoriais. E quando desafiado a dar um conselho a uma futura profissional de Animação Socioeducativa, Luís Rothes, adiantou que o trabalho não deve de ser focado nos défices das pessoas, mas nas suas potencialidades, na literacia da vida. 

No final ficou o incentivo para fazer mais e melhor em conjunto, porque “todos estamos em causa quando falamos de Educação, Aprendizagem e Formação ao Longo da Vida”. 

Carls Patrão (ESEC ), Dina Soeiro (ESEC) e Carlos Ribeiro (Caixa de Mitos / EPALE PT)

Share on Facebook Share on Twitter Epale SoundCloud Share on LinkedIn