chevron-down chevron-left chevron-right chevron-up home circle comment double-caret-left double-caret-right like like2 twitter epale-arrow-up text-bubble cloud stop caret-down caret-up caret-left caret-right file-text

EPALE

ríomhArdán d’Fhoghlaim Aosach san Eoraip

 
 

Blag

Motivação e persistência: o que leva um adulto a voltar a aprender

28/06/2018
ag Cristina PEREIRA
Teanga: PT

Em 2017, a Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional (ANQEP) promoveu, em articulação com a RTP, um programa televisivo, composto por 100 episódios, intitulado “Qualifica”.

Este programa procurou reforçar a importância da qualificação para os percursos de vida pessoal e profissional, recorrendo a testemunhos de diplomados ou formandos de percursos de reconhecimento, validação e certificação de competências e de educação e formação de jovens e adultos, que nos revelam os fatores de motivação e atração para o regresso e para a persistência em percursos de educação e formação ao longo da vida.

De entre esses testemunhos, 17 corresponderam a adultos que, por motivos pessoais e/ou profissionais, efetuaram um processo de reconhecimento, validação e certificação de competências escolar e/ou profissional. Com a qualificação obtida, tiveram acesso a novos patamares de qualificação, a progressões profissionais que antes lhes estavam vedadas, puderam retomar os estudos que tinham ficado interrompidos em idade mais jovem, desenvolveram novas competências necessárias para projetos empreendedores ou reforçaram as suas condições de integração social.

Aceda aos links e acompanhe estas histórias de vida:

- Filipe Rosa - Um campeão nacional de judo que, para o ser, teve de vencer o combate da qualificação - https://www.youtube.com/watch?v=sIWWV-iqm7o

- Maria Iranzo - Uma catalã que tirou uma formação de português para falantes de outras línguas e realizou um processo de reconhecimento de competências, juntando a força da resiliência ao poder do conhecimento - https://www.youtube.com/watch?v=Ai259U24CG4

- Tânia Marques - Deixou de estudar aos 18 anos para retomar os estudos aos 37. O processo de RVCC reconciliou-a com a qualificação- https://www.youtube.com/watch?v=KKMfpl1M3Tw

- Elsa Pinto – Voltar a estudar foi, para Elsa Pinto, uma experiência que, além das qualificações que obteve, permitiu que pudesse ser uma pessoa mais realizada. Hoje, é empresária na área da produção caseira de licores - https://www.youtube.com/watch?v=jgai6ONP_hE

- Catarina Videira - Catarina Videira deixou de estudar aos 12 anos e recomeçou os estudos aos 42. Queria muito ser cabeleireira. Com uma boa dose de vontade, agarrou esta oportunidade e conseguiu transformar o seu sonho numa certeza - https://www.youtube.com/watch?v=Ib6TXVI8j8s

- Maria de Fátima Pereira - O testemunho emocionado de Maria de Fátima Pereira demonstra o quanto significou para si o processo de RVCC, que lhe permitiu continuar a fazer aquilo que mais gosta: ensinar costura - https://www.youtube.com/watch?v=wMpaCxDOA0I

- Ana Paula Marques - O espírito empreendedor e a vontade de aprender levaram Ana Paula Marques a mudar o rumo à sua vida. Fez um processo de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências (RVCC) de nível básico e, depois, um curso de Educação e Formação de Adultos (EFA). Hoje é empresária no ramo da decoração e artesanato - https://www.youtube.com/watch?v=Scxfd5H3KIo

- Alfredo Roque - Misturar criatividade e conhecimento é o desafio diário de Alfredo Roque, um ceramista que validou e certificou as suas competências através de um RVCC profissional de Modelador Cerâmico- https://www.youtube.com/watch?v=82uPZS2CrCY

- Sandra Paulo - Força de vontade e motivação para continuar a aprender. É este o lema de Sandra Paulo que não baixou os braços e apostou na qualificação ao optar por um processo de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências (RVCC) profissional de nível 4. Hoje reconhece que os conhecimentos adquiridos são uma mais-valia para o seu negócio - https://www.youtube.com/watch?v=NzH9KDzmZzQ

- António Mota - A história de vida de António Mota está, desde sempre, ligada à cerâmica. Trabalha numa das grandes empresas do setor mas, para chegar mais além, apostou na formação e realizou um processo de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências (RVCC) profissional de Técnico de Modelação Cerâmica - https://www.youtube.com/watch?v=WRh1AnzJh5c

- Jorge Lapão - Jorge Lapão deixou de estudar quando tinha 16 anos e apenas o 8.º ano de escolaridade. Depois, na oficina do pai, começou a descobrir a mecânica automóvel. Mas percebeu que, só com o 8º ano, não ia longe… Em janeiro de 2017, concluiu um processo de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências (RVCC) profissional de Técnico de Mecatrónica Automóvel - https://www.youtube.com/watch?v=XO9GU48iOE0

Jorge Anjos - Não há barreiras para a vontade de saber mais. Jorge Anjos é exemplo disso. A sua condição de invisual não o impediu de aderir a um processo de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências (RVCC) de nível secundário, que lhe permitiu progredir na carreira profissional - https://www.youtube.com/watch?v=dI3Klv0ukm0

Rui César - A história de vida de Rui César nem sempre foi linear.
Depois do 9º ano de escolaridade, começou por fazer o secundário em regime noturno mas interrompeu-o quando se ofereceu como voluntário para a Força Aérea. Mais tarde, apaixonou-se pela eletrónica e pelos automóveis. O RVCC profissional na área da mecatrónica, que realizou depois, deu-lhe as competências técnicas necessárias para o que faz atualmente na sua vida profissional - https://www.youtube.com/watch?v=D_r8eiHFzho

Rui Godinho - Ver o trabalho que desenvolve há quase uma década reconhecido é motivo de orgulho para Rui Godinho. Optou por fazer um processo de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências (RVCC) profissional de Técnico de Relações Laborais e acabou por conseguir "arrastar" os seus colegas de trabalho consigo. Hoje considera que tudo o que aprendeu cimentou e acrescentou valor à sua profissão - https://www.youtube.com/watch?v=sbRUzs3PT84

Adélia Rafael - Nunca é tarde para mudar de vida e apostar na formação. Este é o lema de Adélia Rafael que, aos 18 anos, deixou de estudar para ir trabalhar. Tinha, apenas, o 11º ano de escolaridade. Quando começou a trabalhar na área da geriatria, sentiu necessidade de adquirir mais formação. Fez um processo de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências (RVCC) profissional como Agente em Geriatria e encontrou um caminho para o sucesso pessoal e profissional - https://www.youtube.com/watch?v=3EtmRPAX4c4

Idalina Lopes - Ultrapassar obstáculos e superar dificuldades tem sido a forma como Idalina Lopes tem encarado a vida.
Trabalhou na área têxtil durante 30 anos. Recentemente, tomou contacto com o processo de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências (RVCC) que acabou por ser uma porta para novos projetos de vida. Concluiu os níveis básico e secundário de educação e, aos 46 anos, entrou na faculdade, na área do direito. Hoje, tem o seu próprio escritório e trabalha como solicitadora - https://www.youtube.com/watch?v=Lh2fys9h1sQ

José Carlos Dias - Os pesos e as medidas, assim como a formação, são essenciais para José Carlos Dias, que, quando começou a trabalhar na verificação de instrumentos de pesagem, tinha apenas o 11º ano de escolaridade. Entretanto, foi através de um processo de Reconhecimento Validação e Certificação de Competências que obteve o 12º ano. Mas não ficou por aqui. A vontade de continuar a aprender levou-o até uma licenciatura em Gestão - https://www.youtube.com/watch?v=KTwwYbJF9-A

Share on Facebook Share on Twitter Epale SoundCloud Share on LinkedIn