chevron-down chevron-left chevron-right chevron-up home circle comment double-caret-left double-caret-right like like2 twitter epale-arrow-up text-bubble cloud stop caret-down caret-up caret-left caret-right file-text

EPALE - Plateforme électronique pour l'éducation et la formation des adultes en Europe

Ressources

| 27 Juillet 2015
| par Rumen HALACHEV

The human population is constantly increasing but also progressively aging. Old people have a lot to contribute to the development of society. Thus, it is important that they can learn on equal terms with the young, and in age-appropriate ways. Their skills and abilities need to be recognised, valued and utilised. Undoubtedly universities play a crucial role in promoting lifelong learning, and in the last few decades the international education community has discussed the implications of lifelong learning for higher education.

Ressources

| 27 Juillet 2015
| par Michal LUZAK

Publikacja jest jednym z efektów dwuletniego projektu pt. "Sieć na rzecz promowania równości i różnorodności w działaniach administracji publicznej", finansowanego ze środków Unii Europejskiej, który był realizowany przez Towarzystwo Edukacji Antydyskryminacyjnej i Fundację Fundusz Współpracy .

Całość publikacji, której celem jest pokazanie, jak wygląda edukacja antydyskryminacyjna w różnych miejscach: od ośrodków szkoleniowych, poprzez zakłady poprawcze, klasy, sceny, po ośrodki dla uchodźców, została podzielona na trzy działy.

Ressources

| 27 Juillet 2015
| par Redaktion Deuts...

Tiefgreifende Veränderungen der institutionalen Regelungsstrukturen der europäischen Bildungssysteme sind zu beobachten. Der eigenständige Forschungsbereich Educational Governance folussiert die Transformation von Steuerungsformen im Bildungssektor. Der vorliegende Band analysiert national und sektoral unterschiedliche Prozesse und Wirkungen von Governance-Modi. Zur Diskussion gestellt werden theoretische und methodische Weiterentwicklungen der interdisziplinären Educational-Governance-Forschung.

Ressources

| 25 Juillet 2015
| par Keith Aquilina

The island of Malta has been engaged in policy document formulations for curriculum renewal in the country’s educational system (4-16 years of age) since 1988 when the first National Minimum Curriculum (henceforth NMC) was launched (Wain, 1991; Borg et al, 1995). In 1999 a revamped NMC (Ministry of Education, 1999) was developed following a long process of consultation involving various stages and stakeholders. It was a

Ressources

| 24 Juillet 2015
| par Christina NORWIG

Der Essay gibt einen Überblick über die politischen Entwicklungen zur Anerkennung nicht formalen Lernens auf europäischer Ebene. Er beschreibt die größten Hindernisse und Herausforderungen für eine breitere Anerkennung und den gesellschaftlichen Einfluss nicht formalen Lernens. Darüber hinaus werden einige mögliche Lösungsansätze vorgeschlagen.

Ressources

| 24 Juillet 2015
| par Rumen HALACHEV

At the second ‘green skills’ forum organised by Cedefop discussions were aimed at identifying obstacles and challenges lying ahead for the development of skills, education and training policies suitable to address the transition to greener and job-rich growth.

This report summarises these discussions and their conclusions.

Ressources

| 24 Juillet 2015
| par Jodie Crossley

The case study describes a collaborative approach between the Birmingham Adult Education Service, Further Education colleges and voluntary sector partners to planning community learning in Birmingham. It sets out the processes used and describes the achievements and considerable benefits this approach brings to learners and providers.

Ressources

| 24 Juillet 2015
| par Jodie Crossley

This presentation:

  • sets out the context for Community Learning policy in 2013 to 2014

  • explains what is required of community learning providers and what this means in practice

  • gives an overview of the work of the 15 community learning trust pilots operating in 2012 to 2013

  • provides details on pound plus

  • sets out where more information can be found

Ressources

| 24 Juillet 2015
| par Eva ALOS MELCHOR

This guide has been produced for EUCIS-LLL members and the general public, to have a better understanding of the complexity of Europe. EUCIS -LLL finds this complexity in policies, in the number of programmes or in the difficulty to find different funding schemes. EUCIS- LLL want to offer their members and general public the keys to understand the mechanisms and find their way in the so difficult pathways to become an expert, or just understand the place where they live.

Ressources

| 23 Juillet 2015
| par Marc de Carrière

Le système ECVET Construire en terre offre une nouvelle manière de se former en Europe, grâce à des parcours de formation individuels à l’étranger. Il est désormais possible d'obtenir des unités d’acquis d’apprentissage clairement définies dans un pays donné et les faire reconnaître dans un autre pays. Les qualifications professionnelles deviennent comparables et accessibles au sein de l’Europe. Ceci favorise la mobilité transnationale et la formation tout au long de la vie.

Ressources

| 23 Juillet 2015
| par Keith Aquilina

In his scattered and often cryptic writings appearing as political pamphlets, journalistic pieces, cultural reviews, letters from prison and, most particularly, those notes from the same prison that were intended as the foundation for a comprehensive work für ewig (for eternity), Antonio Gramsci provides elements for a large all-embracing educational strategy to engender an „intellectual and moral reform‟ of a scale that, in his view, would render it the most radical reform since primitive Christianity (Festa, 1976).

Ressources

| 23 Juillet 2015
| par Jodie Crossley

The FELTAG report makes recommendations for implementing digital learning in the UK Further Education (FE) and Skills Sector. This short video considers what the report is, what it recommends, where to go for further information and practical examples of FELTAG in action in FE Colleges.
 

 

Ressources

| 23 Juillet 2015
| par Kathleen Wabrowetz

It is the final report of a project aiming to explore the approaches to recognise non-formal certificated learning in the UK (highlighting the different developments under the qualification frameworks of the devolved nations), the Netherlands and Finland. The project was conducted under the UK European Qualifications Framework (EQF) Work Programme 2012/2013. The project focused on the recognition of non-formal learning where learning and training is delivered, assessed and quality assured and learners receive some kind of certification outside of the formal system.

Ressources

| 23 Juillet 2015
| par Anna Pokrzywnicka

21 tom „Rocznika Andragogicznyego” - czasopisma naukowego poświęconego tematyce edukacji dorosłych.

„Rocznik Andragogiczny” został powołany w 1994 r. jako wydawnictwo Akademickiego Towarzystwa Andragogicznego. Od 2014 r. wydawany jest przez Akademickie Towarzystwo Andragogiczne wspólnie z Uniwersytetem Mikołaja Kopernika w Toruniu na platformie cyfrowej czasopism UMK.

Ressources

| 23 Juillet 2015
| par Zoltan Varkonyi

This is a short video about literacy challenges in Europe and calls for joining forces to raise awareness on literacy problems and their impacts in the social life and work place. The video was made by ELINET (European Literacy Policy Network).

Ressources

| 23 Juillet 2015
| par ANQEP EPALE
Este trabalho de investigação, desenvolvido no domínio da Educação e Formação de Adultos, procura saber porque é que os adultos com mais de 35 anos voltam à escola depois de um interregno de escolarização superior a 20 anos. O seu objetivo é contribuir para o aprofundamento da compreensão de uma problemática inovadora e cada vez mais atual: os adultos voltam “à escola”, mas quais são as suas motivações e expetativas depois de acabarem o ensino secundário. Considerando que esta problemática se situa na interface entre o sistema educativo, o mundo do trabalho e a sociedade em geral, o quadro teórico de referência foi construído a partir de uma abordagem multidisciplinar, de forma a fornecer um enquadramento que pudesse abarcar a complexidade dos fenómenos em questão, na perspetiva da investigação educativa. O estudo empírico foi desenvolvido através de entrevistas individuais (estudo I) e coletiva (focus group – estudo 2), com a finalidade de identificar e caracterizar que tipo de adultos voltam à escola e que acabam os seus estudos do ensino secundário durante a durabilidade prevista do percurso escolar, a saber, o ensino recorrente de nível secundário (três anos – estudo 1) ou do curso EFA de habilitação escolar de tipo A (dois anos – estudo 2). Trata-se de uma investigação de caráter qualitativo, que para ser realizada teve como critério relevante a escolha de sujeitos com mais de 35 anos e terem concluído o ensino secundário na altura prevista. Os dados obtidos foram objeto de uma análise crítica articulada com o enquadramento teórico, procurando evidenciar as motivações e expetativas existentes nestes alunos adultos. A partir dos seus relatos foi possível conhecer os seus resultados escolares, até que chegassem ao ensino secundário, assim como as dificuldades enfrentadas e perceber o que a escola representa para estes sujeitos, nas duas modalidades de ensino. Foi possível ainda apontar algumas contribuições trazidas pelo ato de escolarizar-se para a melhoria da quali-dade de vida a nível pessoal, profissional e social. Como conclusão, parece verificar-se a existência de vários discursos teóricos que nem sempre são convergentes com o enquadramento teórico de suporte das Ciências da Educação, como é exemplo a transposição da pedagogia de tipo escolar para os adultos.

Ressources

| 23 Juillet 2015
| par ANQEP EPALE
A Associação Cultural Moinho da Juventude foi criada pelos moradores nos anos 80 enquanto edificavam, em regime de autoconstrução, o bairro da Cova da Moura (Amadora). As pessoas organizaram-se, então, para estabelecer os arruamentos, obter o saneamento básico, promover actividades para as crianças e apoiar no acesso ao mercado de trabalho. A Associação cresceu, consolidou o seu trabalho e conta atualmente com quase cem pessoas remuneradas, uma multiplicidade de trabalhos desenvolvidos, e o carácter inovador de diversos. Várias pessoas que frequentaram, enquanto crianças, aquele espaço, hoje ocupam ali cargos profissionais e associativos. O texto analisa o carácter formativo do Moinho da Juventude através de um estudo de caso, naturalista e descritivo. Procurei conhecer a formação que acontece no contexto da sua actividade e as articulações entre modalidades de formação, bem como as dimensões individuais e colectivas. A recolha empírica recorreu a: inquérito, observação e análise documental. A pesquisa permite concluir que: – o período longo de tempo de existência da Associação, que atravessa já mais do que uma geração, a realização em grupos marcados pela diversidade dos integrantes, e o lugar à iniciativa, tornam o Moinho um espaço de oportunidade e um dos principais processos formativos pauta-se pela disponibilização das pessoas (de si mesmo1) para novos/outros ‘poder-ser no mundo’; – evidenciou-se a introdução de lógicas de funcionamento comunitário, mesmo que frequentemente sujeitas a pressões por parte de outras organizações. Nota-se uma significativa relação da Associação com entidades estatais, que ocupam um lugar determinante no seu desenvolvimento em termos de enquadramento financeiro e institucional, mas igualmente de legitimação. No entanto, o seu caráter inovador e de autonomia encontram-se na afirmação e na legitimação da lógica comunitária (endógena) em todo o trabalho que ali se efetua; – uma gramática própria parece constituir-se como matriz instituinte daquela que as pessoas que fazem a Associação nomearam como a ‘maneira de trabalhar do Moinho’, que passa pelo estabelecimento de uma relação: com o tempo, com o outro, com o fazer, com a linguagem e com o saber.

Ressources

| 23 Juillet 2015
| par ANQEP EPALE
Na sociedade actual, em que as pressões sociais e profissionais impõem aos indivíduos níveis cada vez mais elevados de educação e de formação, assiste-se à situação paradoxal de não existir um investimento na concepção de programas educativos que os torne adequados aos públicos adultos.

Ressources

| 22 Juillet 2015
| par Redaktion Deuts...

Der vorliegende Band präsentiert aktuelle Erkenntnisse der Biografieforschung und verbindet dabei die wissenschaftliche Biografieforschung mit der Analyse von narrativen Interviews im Hinblick auf die subjektive, kulturelle und soziale Verfasstheit des lernenden Individuums. Das Verständnis von Lernbiografien ist in der Erwachsenenbildung von großer Bedeutung, gerade auch im Bereich der Alphabetisierung und Grundbildung. Die Erkundung von (auto)biografischen Erzählweisen und -strukturen trägt zum Verständnis von Lernbiografien bei.

Ressources

| 22 Juillet 2015
| par Redaktion Deuts...

Dies ist die Abschlussdokumentation zum Förderschwerpunkt "Forschung und Entwicklung zur Alphabetisierung und Grundbildung Erwachsener", den das Bundesministerium für Bildung und Forschung (BMBF) aus Anlass der Weltdekade der Vereinten Nationen zur Alphabetisierung 2003 bis 2012 aufgelegt hat. Die konkreten Projekte haben dazu beigetragen, das Thema Erwachsenen-Alphabetisierung in Deutschland in die Öffentlichkeit zu bringen. Hier werden die wichtigsten Ergebnisse aus über 100 Einzelprojekten präsentiert.

 

Ressources

| 22 Juillet 2015
| par ANQEP EPALE
Este trabalho de investigação, desenvolvido no domínio da Educação/Formação de Adultos, centra-se no estudo dos Sistemas e Dispositivos de Reconhecimento e Validação de Aprendizagens e de Competências adquiridas pelos adultos em contextos não-formais e informais, ao longo das suas trajectórias pessoais, sociais e profissionais.

Ressources

| 22 Juillet 2015
| par Barbora Pavelková

Evropský sociální fond v ČR

Evropský sociální fond (ESF) je jedním ze tří strukturálních fondů Evropské unie. Je klíčovým finančním nástrojem pro realizování Evropské strategie zaměstnanosti.

Ressources

| 22 Juillet 2015
| par ANQEP EPALE
A presente investigação é desenvolvida na confluência de diferentes domínios: Ciências da Educação, Sociologia, Filosofia da Educação, Epistemologia, Psicologia e Educação/Formação de Adultos, cuja articulação permite compreender como se processa o reconhecimento, a certificação e a validação de competências dos adultos. A investigação tem como objetivo aprofundar o conhecimento dos fatores, subjacentes ao Programa Novas Oportunidades, mais especificamente, o processo de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências (RVCC). Proporciona, deste modo, um contributo sobre este processo: i) quer ao nível Legislativo (onde o Aparelho de Estado procura ajustar-se às necessidades, às capacidades e às aspirações dos cidadãos, sobretudo daqueles a quem não tinha sido reconhecida a voz e para quem não tinha chegado a sua vez); ii) quer ao nível do funcionamento de todos os Centros Novas Oportunidades (CNO) na Região Autónoma da Madeira (RAM); iii) quer ao nível, ainda, da apreensão deste processo por parte dos atores que frequentaram o processo de RVCC (processo eminentemente individual e individualista). O enquadramento teórico do estudo desenvolve-se, inicialmente, a partir de uma sustentação teórica do projeto ao nível da Educação e Formação de Adultos, do reconhecimento de adquiridos e das linhas científicas das Teorias: Motivação, Individuação e Representações Sociais. Para observação e análise do fenómeno, foram selecionados os contextos dos CNO, onde se produziram relações sociais complexas, estabelecidas entre diversos atores, mediadas pelas normas orientadoras e a apropriação de significado, definidas entre as equipas Técnico- pedagógicas em interação com os Adultos. A recolha de materiais ao nível do campo empírico decorreu nos seis CNO na RAM, no espaço temporal compreendido entre 2004 a 2011. Este estudo é de cariz qualitativo e descritivo. Os dados foram produzidos com recurso às entrevistas semiestruturadas aos Coordenadores do processo de RVCC, submetendo-se o corpus produzido à análise estrutural, que permitiu a observação de regularidades sociais, operacionalizadas na ação do Coordenador e da sua equipa técnico-pedagógica. O conteúdo foi organizado em torno de dois eixos de análise, um por referência à modalidade da ação e outro por referência ao estatuto do Coordenador na ação no desenvolvimento do processo de RVCC. Os restantes dados complementam-se com análise de conteúdo das Histórias de Vida dos vinte Adultos, participantes no estudo. Verificou-se que as ofertas de Educação e Formação de Adultos, no território estudado, são influenciadas por oito dimensões de lógicas distintas: natureza individual e familiar; natureza escolar; natureza profissional; natureza relacionada com a mobilidade; natureza de rede de laços sociais; natureza histórica e coletiva; natureza religiosa e de natureza cultural. Estas lógicas de ação têm consequências na organização, no funcionamento e nos resultados da formação, assim como nos sentidos atribuídos ao conjunto de provas que cada Adulto ultrapassa, mobilizando os seus saberes adquiridos ao longo da vida para um conjunto de competências. A análise do dispositivo do conhecimento dos adquiridos permite verificar a complexidade do processo de RVCC e as tensões que lhe estão subjacentes, elementos que têm repercussões ao nível legislativo, organizativo e funcionamento no CNO.

Pages

S'abonner à EPALE RSS