chevron-down chevron-left chevron-right chevron-up home circle comment double-caret-left double-caret-right like like2 twitter epale-arrow-up text-bubble cloud stop caret-down caret-up caret-left caret-right file-text

EPALE - E-Plattform für Erwachsenenbildung in Europa

Fortbildung von Weiterbildungspersonal

Dienstag 8 September 2015, Ireland

A celebration of International Literacy Day

NALA is hosting a conference to celebrate International Literacy Day on Tuesday 8th September in Dublin. There will be presentations from tutors, students and researchers on different ways of teaching and learning, including intensive literacy tuition, family learning models from Scotland, as well as ideas for blended learning and team teaching.

Ressourcen

| 17 Juli 2015
| von Christina NORWIG
In der Broschüre "Food Literacy im Alphabetisierungskurs - Lesen und Schreiben schmackhaft machen" werden interessierte Programmverantwortliche über das Thema Food Literacy und Möglichkeiten des Einsatzes im Alphabetisierungskurs informiert. Unter anderem beinhaltet die Broschüre Module für eine Fortbildung für Kursleitende.
Sonntag 31 Januar 2016 bis Samstag 6 Februar 2016, Germany

SCIENCE MUSEUM AND SCHOOL: A COOPERATION TO IMPROVE TEACHING, LEARNING AND DISCOVERY INTERNATIONAL TRAINING COURSE FOR TEACHERS AND MUSEUM EDUCATORS

SCIENCE MUSEUM AND SCHOOL: A COOPERATION TO IMPROVE TEACHING, LEARNING AND DISCOVERY
INTERNATIONAL TRAINING COURSE FOR TEACHERS AND MUSEUM EDUCATORS
12th EDITION, 31 JANUARY – 6 FEBRUARY 2016
DEUTSCHES MUSEUM, MUNICH, GERMANY

Ressourcen

| 16 Juli 2015
| von ANQEP EPALE
A prática da Mediação em geral e da Mediação Educacional, em particular tem adquirido uma importância significativa nos contextos educativos, nomeadamente no campo da Educação e Formação de Adultos, com a emergência de novos processos em Portugal (Cursos de Educação e Formação de Adultos e Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências) e noutros países, especialmente a França, com a Validation des Acquis de l’Expérience (VAE). Estes modelos trouxeram consigo novos Profissionais: os Mediadores EFA, os Técnicos de Diagnóstico e Encaminhamento, os Profissionais de Reconhecimento e Validação de Competências e os Profissionais ligados ao domínio da VAE, os quais desempenham funções baseadas em práticas pedagógicas inovadoras, assentes nos princípios da Mediação Formativa. Com este Projeto, procurámos estudar os perfis, práticas, constrangimentos e expectativas destes Profissionais, potenciando a reflexão sobre a Mediação Formativa e os modelos curriculares associados a estas práticas e processos, num Estudo Multicasos comparativo entre as realidades portuguesa e francesa. Em termos metodológicos, recorremos a uma abordagem qualitativa, construtivista e interpretativa, com uma amostra de seis Estudos de Caso, envolvendo nove Profissionais. A narrativa escrita, a observação participante e a entrevista semidiretiva foram as principais técnicas utilizadas, cujos dados foram tratados e analisados através da análise de conteúdo emergente e indutiva. Foram, igualmente, administrados inquéritos por questionário aos Formandos dos Cursos EFA das Mediadoras participantes na investigação. Com o intuito de complementar o Estudo Multicasos, realizámos um Estudo em Extensão, mediante a aplicação de inquéritos por questionário aos Profissionais objeto de estudo, tanto em Portugal, como em França. A investigação realizada, mediante a informação recolhida, permitiu ingressar nos mundos vividos e sentidos dos Profissionais e dar visibilidade aos significados resultantes das suas experiências, nomeadamente: i) pelo conhecimento das suas práticas e funções em termos legislativos e pedagógicos, enquadradas no domínio alargado da Mediação Formativa; ii) pela comparação das competências e perfis das figuras da Mediação; iii) pela identificação e problematização das suas vivências, motivações, constrangimentos e sentidos atribuídos ao trabalho desenvolvido; iv) pela reflexão em torno das questões curriculares que enformam os processos de Educação e Formação de Adultos em análise. Como elementos mais relevantes emergentes dos sentidos expressos pelas Figuras da Mediação em Portugal e em França, realçamos lógicas de ação e de intervenção, ou seja, práticas e competências convergentes, mesmo que inseridas na divergência das especificidades de cada contexto, assentes num perfil de Mediação Sociopedagógica, patente na potenciação da resolução criativa e construtiva de conflitos, na promoção da participação dos Adultos, da sua autonomia e cidadania, valores fundamentais da Mediação enquanto espaço-tempo de (re)construção de identidade(s) e de convivência(s). Em termos de motivações, constrangimentos e significados atribuídos ao trabalho, verificam-se dinâmicas interiores e exteriores que evoluem num continuum entre prazer, gratificação, sentimento de contribuição e desgaste emocional fruto do próprio desafio identitário que supõe o trabalho de Mediação e, por vezes, o (não) reconhecimento que lhe está inerente. Em última instância, foi desafiado um olhar crítico sobre o lugar de destaque da Mediação e das Figuras da Mediação em termos sociais e, em especial, nos contextos educativos-formativos dos Adultos.

Ressourcen

| 15 Juli 2015
| von Marissa VAN DER VALK

De afgelopen jaren werkten partners uit  Spanje, Turkije, Nederland, Duitsland en Noorwegen aan het SEA project:  Specialization for European Teachers of Basic Skills for Adults. Idee van SEA was het maken van een verdiepingsslag voor de professionalisering van docenten die lesgeven in basisvaardigheden aan volwassenen. Beoogde doelstellingen waren:

  • Het verzamelen van expertise in de partnerlanden over competenties die nodig zijn voor werknemers en vrijwilligers in het volwassenenonderwijs in het algemeen en docenten basisvaardigheden in het bijzonder.

Ressourcen

| 15 Juli 2015
| von Marissa VAN DER VALK

The past few years partners from Spain, Turkey, the Netherlands, Germany and Norway worked on the SEA project: Specialization for European Teachers of Basic Skills for Adults. The overall aim of SEA was to improve the delivery of literacy & basic skills courses for adults through adequately trained teachers. Objectives were:

  • To gather expertise in the partner countries on competences needed for workers and volunteers in adult education in general and basic skills teachers in particular.

Ressourcen

| 15 Juli 2015
| von Barbora Pavelková

Evropská síť politik celoživotního poradenství vydala příručku shrnující hlavní výzkumy o dopadech celoživotního poradenství. Publikace je určena především tvůrcům politik, ale přináší zajímavé poznatky a informace také pro poradce samotné, poskytovatele kariérového poradenství a pro výzkumníky. Níže najdete draft českého překladu publikace, který prochází odbornou korekturou.

Ressourcen

| 14 Juli 2015
| von Christina NORWIG

Arbeitsorientierte Grundbildung (AoG) stellt Bildungsinstitutionen und Lehrende vor neue Herausforderungen: AoG ist ein „aufsuchendes“ Angebot; es geht darum, Betriebe anzusprechen, zu informieren, zu sensibilisieren; es müssen passgenaue Angebote konzipiert werden, die dem Bedarf von Beschäftigten und Betrieb gerecht werden; das Lernen soll möglichst arbeitsnah stattfinden; Nutzen und Zugewinn sollen möglichst transparent werden usf.

Montag 21 September 2015 bis Mittwoch 23 September 2015, Slovenia

Kongres Upravljanje znanja v knjižnicah

Upravljanje znanja v knjižnicah je tema in hkrati naslov letošnjega osrednjega izobraževalnega dogodka Zveze bibliotekarskih društev Slovenije (ZBDS). Ta se bo zgodil med 21. in 23. septembrom v Hotelu City v Mariboru. Gre za osrednje knjižničarsko srečanje, kongres ZBDS, pod generalnim pokroviteljstvom Ministrstva za kulturo.

News

| 10 Juli 2015
| von Emma Grainger

A survey of almost 1,200 academics was recently carried out in Ireland which found that they feel more time is being spent on basic skills work due to the increasing number of students entering third-level with language difficulties and a lack of basic writing skills. The finding of the survey are detailed in the report “Creating a Supportive Working Environment for Academics in Higher Education".

News

| 10 Juli 2015
| von Ajda Turk

9. julija 2015 je v Ljubljani potekal posvet Svetovanje za zaposlene za večjo vključenost v izobraževanje in usposabljanje ter razvoj kariere. Organizirali so ga Združenje izobraževalnih in svetovalnih središč Slovenije (ZiSS), Ministrstvo za izobraževanje, znanost in šport (MIZŠ) ter Andragoški center Slovenije (ACS).

Donnerstag 8 Oktober 2015, Finland

CIMO-seminaari: Yksilön kokemuksesta työyhteisön osaamiseen - Miten henkilöstö ja organisaatiot ovat hyötyneet kansainvälistymisestä?

CIMO järjestää Yksilön kokemuksesta työyhteisön osaamiseen - Miten henkilöstö ja organisaatiot ovat hyötyneet kansainvälistymisestä? -seminaarin 8.10.2015 Hakaniemenranta 6, Helsinki.

Miten henkilöstön osaamista kehitetään kansainvälisen yhteistyön avulla? Miten palveluja on voitu kehittää hakemalla mallia muualta? Seminaarissa esitellään henkilöstön osaamisen
kehittämisestä saatuja kokemuksia EU: n koulutus- ja nuorisoohjelmissa.

Ressourcen

| 10 Juli 2015
| von ANQEP EPALE
A mediação, enquanto prática socioeducativa, apesar de ser uma actividade com crescente visibilidade e enquadramento legal, tem ainda poucos estudos realizados que permitam a caracterização das actividades de mediação e do perfil dos mediadores socioeducativos. O estudo realizado teve dois objectivos centrais: identificar e definir o perfil socioprofissional dos mediadores socioeducativos e caracterizar contextos e práticas de mediação socioeducativa. Apesar de ser uma investigação em extensão, realizada em Portugal a nível nacional (N=225), é um estudo exploratório e predominantemente descritivo. A análise dos resultados obtidos no estudo realizado permite salientar alguns aspectos relevantes, que apontam para a importância da continuidade da investigação nesta área e para o investimento neste domínio de intervenção. Destacam-se as principais características sócio-demográficas e profissionais dos mediadores socioeducativos, a diversidade de contextos, de tipos de intervenção e de formação e aspectos relativos à percepção da auto-estima individual e de pertença ao grupo.

Ressourcen

| 10 Juli 2015
| von ANQEP EPALE
Nos locais de trabalho os saberes e as aprendizagens associados às práticas desenvolvidas assumem dinamismos próprios. O objectivo deste artigo é dar conta de alguns dos processos associados a esse dinamismo. Tal é feito a partir dos principais resultados de uma investigação sobre técnicos de educação e formação de adultos de uma associação de desenvolvimento local. Na base desse dinamismo estão, neste caso concreto, mecanismos de entreajuda, de reformulação e colectivização da prática. Associados a tais mecanismos estão a experimentação, a reflexão e a negociação que ocorre na prática entre os elementos da equipa técnica. A visibilidade de tais mecanismos e processos foi maior quando os técnicos enfrentaram zonas de incerteza na sua acção. A forma reflexiva de trabalhar, de aprender e de construir saber existente nesta equipa mostra-nos que é possível descobrir e explorar espaços de autonomia nos locais de trabalho e, assim, se actuar de maneira não meramente reprodutora.

Ressourcen

| 10 Juli 2015
| von ANQEP EPALE
Neste texto discute-se a questão da dinâmica do saber em contexto de trabalho a partir de uma investigação etnográfica realizada junto de técnicos de educação de adultos de uma associação de desenvolvimento local. Mais concretamente, abordam-se três processos: a construção e a reconstrução do saber; os seus diferentes tipos de transferências; e a sua dimensão temporal. Os resultados mostram que o processo de construção e reconstrução assenta na experimentação, na reflexão e na negociação de sentido realizado pelos membros da equipa técnica. As transferências de saber ocorrem de fora para dentro do local de trabalho e dentro do próprio contexto de actuação. Estas transferências estão, normalmente, ligadas ao fazer e ao momento do fazer. Esta é, sem dúvida, outra das principais características do saber deste contexto. Portanto, o saber está intimamente relacionado com a dimensão temporal do fazer.

Ressourcen

| 10 Juli 2015
| von ANQEP EPALE
O texto foi elaborado a partir de um conjunto de informação recolhida em três Centros de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências (CRVCC). O trabalho realizado nos CRVCC consiste na avaliação de competências através da experiência de vida. O processo de reconhecimento, validação e certificação de competências (RVCC) é complexo e difícil tanto para os adultos como para os profissionais envolvidos, o que resulta, essencialmente, da tentativa de formalização e validação de adquiridos experienciais tendo por base referenciais que seguem uma lógica escolar. As questões que orientam a problematização e reflexão ao longo do texto são as seguintes: Que profissões emergem através do trabalho realizado nos CRVCC? A qualidade e equidade do processo dependem muito da orientação e do profissionalismo das equipas que trabalham nos Centros. O trabalho desenvolvido nos CRVCC contribuiu para a emergência de uma nova actividade profissional — o profissional de RVC, e para uma alteração profunda na actividade profissional dos formadores, quer em termos de funções desempenhadas, quer ao nível da atitude.
Donnerstag 12 November 2015, Austria

Tagung: Perspektiven Basisbildung II

Im Rahmen der Tagung werden Ergebnisse der Entwicklungsprojekte zur Basisbildung, präsentiert und Projekte zur Professionalisierung vorgestellt.

 

Sie gibt den Auftakt zur Öffentlichkeitsarbeit und Sensibilisierung und lädt zum „Dialog Forschung und Praxis“. Detailinformationen folgen laut Auskunft der Abteilung Erwachsenenbildung des Österreichischen Bundesministeriums für Bildung und Frauen (BMBF) im Herbst.

Quelle: www.erwachsenenbildung.at

Ressourcen

| 8 Juli 2015
| von Marieke HANEKAMP

Stichting Lezen en Schrijven heeft een factsheet ontwikkeld met daarin allerlei feiten over Taal en Gezondheid. Wat is de relatie tussen opleiding en gezondheid, de relatie tussen geletterdheid en gezondheid en wat zijn de winsten van investeren in taalscholing? Het blijkt dat veel zorgverleners in de eerstelijn het onderwerp laaggeletterdheid laag op de agenda hebben staan, maar dat men positief staat tegen (de winst van) de aanpak van laaggeletterdheid.

 

Seiten

RSS - Fortbildung von Weiterbildungspersonal abonnieren