chevron-down chevron-left chevron-right chevron-up home circle comment double-caret-left double-caret-right like like2 twitter epale-arrow-up text-bubble cloud stop caret-down caret-up caret-left caret-right file-text

EPALE

Elektronická platforma pro vzdělávání dospělých v Evropě

 
 

Blog

Da reclusão para a liberdade - Como apoiar este processo de forma inovadora e criativa?

09/01/2020
od Natália Correlo
Jazyk: PT

Segundo um artigo do Diário de Notícias, “Portugal é dos países que estão acima da média europeia no que toca ao número de presos por cem mil habitantes, densidade populacional, duração de reclusão, população feminina e até no número de mortes e de suicídios nas prisões. É dos países que se incluem na taxa de reincidência de 75%, asseguram técnicos que trabalham na área, apesar de tais números não constarem da estatística oficial do Ministério da Justiça.Sobre este tema, apenas a Provedoria de Justiça lançou em 2003 que a taxa de reincidência deveria estar nos 51%.”

 

Tendo em consideração estes valores, projetos que visem ajudar reclusos e ex-reclusos na sua integração em sociedade fazem todo o sentido e é neste âmbito que o projeto europeu STEPS (Supporting Ties in the Education of Prisoners) se insere. Em última instância, o projeto pretende ajudar na transição, muitas vezes solitária, pela qual os (ex)reclusos têm que passar quando são libertados e inseridos em sociedade.

 

Sendo assim, este projeto pretende implementar uma abordagem inovadora baseada no uso da realidade virtual e na valorização das histórias pessoais de reclusos e ex-reclusos europeus.

 

Atualmente, o grupo de organizações que dá vida ao projeto já colecionou várias histórias e encontra-se no processo de aquisição e instalação do equipamento virtual. Para além disto, o STEPS tem tido a preocupação de divulgar e explicar os seus propósitos através da criação dum website e duma página de facebook que podem visitar para se informarem e ficarem a conhecer melhor os nossos esforços e objetivos. A este propósito, no mês de Maio, as organizações integrantes terão oportunidade de se reunir pela terceira vez para planear os próximos passos e rever o trabalho concretizado até à data.

Share on Facebook Share on Twitter Epale SoundCloud Share on LinkedIn